Registrar o domínio não significa proteger sua marca!

O domínio de uma empresa para divulgar produto e/ou serviço é uma escolha essencial e contínua para a escolha determinante de uma marca.
Muitas empresas ou pessoas físicas, quando verificam que as marcas pretendidas não possuem disponibilidade no “.com”, ou no “.com. br”, chegam a trocar o nome devido à necessidade atual de ter um sítio eletrônico, ou URL, com o mesmo nome.
Neste post, vou esclarecer alguns pontos essenciais para o fortalecimento do seu negócio e principalmente da marca que você divulga, com ênfase na necessidade do domínio.
O domínio na internet nada mais é do que um nome fornecido a um sítio eletrônico através do qual você divulgará os seus serviços/produtos.
Na maioria das vezes, o domínio condiz com o nome da marca – salvo quando são utilizados nomes genéricos de serviços ou produtos para facilitar a procura dos sites durante pesquisas (www.sucodeuva.com.br, por exemplo).
É importante salientar que o registro da URL NÃO exime a necessidade do registro de marca.
Para que a sua empresa possa ser a titular do nome e impedir que terceiros utilizem-no no seu ramo de atividade, a marca DEVE ser registrada no INPI. O domínio não garante nada.
O INPI é a única autarquia competente para analisar e conceder o seu direito de marca.
Com o registro, a sua empresa terá o direito de propriedade daquele nome, podendo inclusive impedir o uso de domínio idêntico ou parecido registrado por terceiro!
Ambos, o domínio e a marca, são essenciais para o fortalecimento do seu negócio. Mas, entre os dois, é a marca que lhe confere direitos de propriedade e segurança.
Caso tenha dúvidas, entre em contato pelo site. Acompanhe também o blog para saber mais sobre registros de marcas.

Gostou do Assunto? Deixe seu comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *