Walmart quer medir frequência cardíaca de clientes pelo carrinho de compras

Em março deste ano, o Walmart surpreendeu com o pedido de patente de um dispositivo móvel deve ajudar o cliente a procurar os itens que deseja comprar, onde um drone vai fornecer assistência ao usuário na forma de verificação de preços ou assistência de navegação. Agora, a multinacional chamou atenção mais uma vez, é que agora os varejistas pretendem rastrear cada elemento da experiência dos clientes em suas lojas, incluindo seus hábitos de consumo, localização e, até mesmo, sua frequência cardíaca.

De acordo com informações, em agosto deste ano, o Walmart entrou com um pedido de patente para o Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos EUA, o projeto que mede dados biométricos dos clientes. O documento cita uma “alça de carrinho de feedback biométrico”, para um carrinho de compras capaz de rastrear a frequência cardíaca, a temperatura, a velocidade e até mesmo a quantidade de força que os clientes aplicam ao empurrar o carrinho.
Tais dados devem ser transmitidos para um servidor central, que indicarão se o consumidor está satisfeito ou não e, em seguida, esse servidor vai enviar um alerta a um vendedor para ir até o cliente.

Apesar do Walmart ainda estar aguardando a resposta do USPTO à sua solicitação, já arriscamos dizer que esse tipo de ferramenta pode ser útil para se fazer publicidade direcionada para levar clientes à loja em uma promoção do Walmart e, por exemplo, por meio do carrinho de compras saber exatamente o quão rápido o cliente corre para pegar tal produto.

Para o Walmart, que tem feito investimentos em blockchain para rastrear fornecedores de alimentos, esse é mais um sinal de que o varejo está se reinventando com ajuda da tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *