Como registrar uma marca em 5 passos

Já vimos recentemente por aqui a importância da criação de uma marca  para o seu negócio/produto/serviço. Após a criação é importante seguir para o pedido de registro de marca.

Para efetuar o registro, precisamos seguir 5 passos, conforme falaremos a seguir.

Como registrar uma marca em 5 passos

Passo 1: Consulte as marcas já registradas

Fazer a consulta de marcas no Sistema de busca de marcas do INPI é fundamental antes de entrar com o pedido de registro. No sistema você irá descobrir se já existe alguma marca com o nome ou o logotipo similar à marca que pretende usar. Em tese, se não houver qualquer outra anterioridade legalmente protegida, tem prioridade no registro empresa que fez a solicitação primeiro, ainda que o processo não esteja concluído.

Passo 2: Defina o segmento de atuação da sua marca

É importante que você saiba que uma mesma marca pode ser registrada para diferentes setores de atividade. É isso que permite, por exemplo, que possa existir um hotel, um cigarro e uma marca de eletrodomésticos com o mesmo nome. Verifique quantos ramos de atividade a sua marca irá atuar de acordo com a classificação internacional que será enquadrada.

Passo 3: Conheça e defina a apresentação da sua marca

Ao dar entrada no no pedido de registro, você precisa saber em qual tipo de marca  a sua se enquadra.

Passo 4: Defina qual a natureza da sua marca

É importante também conhecer e estabelecer a classificação da sua marca: se ela é de um produto, um serviço, uma marca coletiva ou de certificação.

Passo 5: Verifique e pague as taxas

Ao fazer o registro de uma marca devemos pagar pelo menos duas taxas. A primeira no momento da entrada do pedido e a segunda no deferimento do pedido de registro, que é válido por dez anos.

Outras taxas podem ser solicitadas ao longo do processo caso hajam ações diferentes no decorrer do pedido de registro.

Gostou do Assunto? Deixe seu comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *